Os Objectivos do Desenvolvimento do Milénio

schedule 4 min read
Topic(s): Growth & Development Malnutrition Nutrition & Disease Management
2000 membros das Nações Unidas e de Organizações Lideres Internacionais, adoptaram 8 objectivos de Desenvolvimento do Milénio, cuja realização foi considerada essencial para a melhoria de vida de toda a humanidade. Estes objectivos são referidos colectivamente como Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (MDG). Estes objectivos abrangem uma grande parte do desenvolvimento humano: 1º objectivo) erradicação da extrema pobreza e da fome; 2º objectivo) atingir a educação primária ao nível mundial; 3º objectivo) promover a igualdade do género e potenciar as mulheres; 4º objectivo) reduzir a mortalidade infantil; 5º objectivo) melhorar a saúde materna; 6º objectivo) combater o HIV, malária e outras infecções; 7º objectivo) assegurar a sustentabilidade ambiental; 8º objectivo) formação de parcerias globais para o desenvolvimento. Os signatários concordaram em atingir estes objectivos até ao ano de 2015. Cada um dos Objectivos do Desenvolvimento do Milénio, tem muitas metas específicas. Embora a boa nutrição seja crítica para o alcance de muitos desses objectivos, especialmente para os objectivos 1,4,5 e 6. 
 
Uma meta específica associada ao alcance do primeiro objectivo do desenvolvimento do Milénio, é reduzir para metade o número de indivíduos com fome (subnutridos) entre 1990 e 2015. O alcance desta meta específica deve impactar favoravelmente nos objectivos 2,4,5 e 6. As ameaças para o alcance desse objectivo, inclui o aumento dos preços da matéria-prima, mudanças na dieta devido à urbanização, uso da terra para a produção de biocombustíveis ao invés de alimentos, uso de subsídios agrícolas nos países desenvolvidos e não disponibilidade de emprego produtivo.
 
Então onde estamos agora?
 
De acordo com o Relatório do Desenvolvimento do Milénio de 2013, a proporção de pessoas a viver em extrema pobreza, diminuiu para metade ao nível global, indicando que o mundo atingiu uma redução na pobreza, 5 anos antes do previsto. Nas regiões em desenvolvimento, a proporção de pessoas a viver com menos de $1.25 por dia, reduziu de 47% em 1990, para 22% em 2010; e cerca de menos de 700 milhões de pessoas viviam em condições de extrema pobreza em 2010 do que 1990. Como consequência, a proporção de pessoas subnutridas nas regiões em desenvolvimento, reduziu de 23.2% em 1990-1992, para 14,9% em 2010-2012. Embora o objectivo de reduzir para metade a percentagem de pessoas sofrendo com fome até 2015, pareça estar dentro do limite, continua a ser uma matéria de preocupação contínua, que uma entre oito pessoas ao nível mundial, continuam com fome; uma em cada seis crianças com idade inferior a 5 anos são raquíticas e 7% de todas as crianças com idade inferior a 5 anos têm excesso de peso.
 
O que Aconteceu?
 
O progresso para o alcance do primeiro Objectivo do Desenvolvimento do Milénio poderá estar atribuído ao número de sucessos incluindo: o acesso à microfinanciamentos; programas para o melhoramento do processo alimentar e produção e o aparecimento de mais espécies alimentares resistentes e nutritivas.
 
O Micro financiamento ajudou pessoas de baixa renda a obter o financiamento de projectos, permitindo-lhes assim colocarem-se acima da linha da pobreza. Exemplos de instituições de microfinanciamento são o Banco de Gamees de Bangladesh; a International Action na América Latina e a Associação Bancária Feminina de Auto-Emprego (SWEA) da India.
 
Certos países, tais como o Malawi, aumentaram a sua importação de fertilizantes que conduziu a um aumento de produção de alimentos essenciais tais como o milho. A descoberta e o crescimento de uma nova variedade de arroz NERICA (novo arroz para África), aumentou a produção em 200%, melhorando assim a segurança alimentar nos países que o adoptaram, tais como: Costa do Marfim, República Democrática do Congo, Guiné, Quénia, Mali, Nigéria, República do Congo, Togo e Uganda. Por último, iniciativas colaborativa e multisectoriais conduziram ao melhoramento e produção de alimentos adequados para crianças, através da fortificação de micronutrientes e o transporte de alimentos para regiões em crise, tais como o Haiti, Irão, Iraque, Libéria e o Sudão.
 
Conclusão:
 
Os Objectivos do Desenvolvimento do Milénio, serviram para avançar com a agenda do Desenvolvimento Humano, pela galvanização e focalização da atenção mundial nos 8 objectivos chave do Desenvolvimento do Milénio, nas passadas duas décadas.
 
Embora tenha havido um progresso considerável, ainda muito precisa ser feito para que a fome a má nutrição sejam erradicadas.
 
O Relatório do Desenvolvimento do Milénio de 2013, fornece indicação clara do progresso que foi feito e das áreas que precisam de maior focalização, a medida que caminhamos para 2015 e além.
 
Referências:
1. http//www.un.org/milleniumgoals/pdf/report2013/mdgreport-2013-english.pdf
Acedido aos 19 de Fevereiro de 2014